Translate

domingo, 16 de agosto de 2009

Os meus pontos de vista criaram o meu comportamento.
O meu comportamento é certamente uma das maiores causas do meu sentimento permanente de solidão.
Sou um recluso assumido, mas não pense que eu gosto disso, embora a reclusão por mais incrível que possa parecer, é justamente a causa da minha saúde mental até onde pude perceber.
Felizmente ainda existe um equilíbrio: A única coisa que faz com que eu não me sinta tão solitário são os amigos sensacionais que tenho, em que posso confiar e que sempre se mostram muitíssimo especiais.
Esta semana, meio que a contra-gosto, criei minha conta no Twitter, após a influência de alguns amigos... Ainda estou testando o serviço, para entender como ele funciona e ver que tipo de proveito posso tirar dessa experiência.
Foi exatamente assim que abrí conta no Orkut, no YouTube, no LinkedIn, e até aqui, no Blogspot, onde publico o meu blog desde 2002... influência dos amigos.
Mas em todas essas contas eu deixo claro o que percebo: sou o último da minha espécie.
Isso não é influência deles.
Se não fosse a influência deles, esse blog nunca teria surgido, nem se mantido.
Houve uma verdadeira "campanha" para que eu continuasse escrevendo, embora a minha vontade de escrever sobre os meus pontos de vista sobre o mundo só tenham agravado a minha sensação de solidão de modo que eu ainda pretendo parar de escrever aqui e mesmo que eu não quisesse, um dia isso fatalmente irá acontecer de qualquer forma.
Sinto falta de uma influência diferente da qual tenho me acostumado... uma influência especial.
Mas não é a que corresponde ao tema de hoje.




Influência

"Quem sabe algum dia conquistemos a morte, a doença e a guerra?"
(Jim Morrison)



E eu achava que eu era paranóico...
Responda rápido: Onde surgiu o vírus H1N1?
Se não você respondeu entre 1914 e 1919 na Espanha, errou feio.
Sinceramente, o que me dá medo mesmo é todo o mundaréu de informações desencontradas na mídia sobre a tal da "Gripe Suína". Em especial um monte de exagero sensacionalista, alguns beirando o absurdo... e quem tá faturando mesmo com isso são os fabricantes de máscaras, de desinfetantes e os laboratórios que fabricam fosfato de Oseltamivir (vulgo "Tamiflu"), que "dizem" ter efeito contra o tal do H1N1, mas que outros "dizem" ter sido feito mesmo é para previnir contra a H5N1. ("Gripe Áviária").
Por mais paranóico que eu seja, essa gripe (cujo vírus foi ressussitado em laboratório em 2005) não me preocupa. O que me preocupa é o pânico que tem se criado por causa dessa gripe e a mídia dando corda...
É verdade que o tal do H1N1 tem se alastrado como uma pandemia, como aliás como todo ano e muita gente morre por causa de pneumonia causada pelas complicações causadas pela mesma.
Uma vez, eu quase morrí por causa de uma gripe e aprendí a me cuidar.
Sinceramente, o que mata mesmo é a automedicação e as "receitinhas caseiras" (em especial aquelas tipo chá muito quente com mel... perfeito para criar microfissuras na garganta que as bactérias adoram).
Se você não pegou nenhuma gripe, cuide para que seu organismo não fique debilitado.
Nada como boa alimentação, mente sã (coisa difícil de se manter nos tempos de hoje) e muita água (cada dia mais escassa em nosso planeta).
Se você pegou alguma gripe, reze para ainda ter suas amídalas e cuide para manter elas e seu sistema respiratório limpo. É aí que as bactérias se proliferam quando você pega gripe... e essas infecções causam febre e a febre causa dor de cabeça e por aí vai... E para controlar essa parte, só tratamento sintomático mesmo é que ajuda a minimizar os efeitos. (Há bons produtos para isso nas farmácias.)
Se você não souber como se cuidar, a melhor coisa a fazer é procurar um bom médico de confiança (o que está cada dia mais difícil de se achar).
Aliás, quer saber? Nos primeiros sintomas, procure um médico e peça orientação. Eles é que têm condições de diagnosticar essas coisas, não um blog metido à besta na Internet (tipo o meu).
OK... agora que acalmei você, ilustre leitor(a), hora de causar pânico de verdade...
No começo de agosto, a cidade de Ziketan na China, ficou em quarentena por causa de dois óbitos causados por peste bubônica de um tipo muito curioso... ela se alastra pelo ar, caracterizando-a como "peste pneumônica", mais conhecida pelo nome que ganhou na Idade Média: "Peste Negra".
Diz-se que essa peste matou 75 milhões de pessoas na época (25 milhões só na Europa), segundo se estima. Há quem afirme que um terço da população da China teria sido extinta na época, mas... não há estatísticas oficiais.
Pois bem... Ziketan é uma cidade frequentada por pastores nômades e a quarentena terminou dia 10 de agosto... Se um deles ainda estiver infectado...
Sinceramente, não acredito que o mundo esteja preparado para o ataque de uma nova pandemia de "Peste Negra", só aguardando uma mutação para atacar novamente.
E como se não bastassem as más notícias do mês de agosto, tem uma nova versão do HIV no mercado...
Não acha estranho que tudo isso esteja acontecendo praticamente ao mesmo tempo?
Exercício de meditação de hoje: A patente de um certo antiviral é de 28 de agosto de 2008.
Avisem o Fox Mulder!

Nenhum comentário: