Translate

sexta-feira, 27 de agosto de 2004

Não é fácil encontrar algum bom assunto para escrever num blog, sem ficar repetitivo.
Fico imaginando as dificuldades que um cronista deve ter para escrever no mínimo uma boa crônica por dia e ainda arrumar jeito de escrever livros... Esses caras para mim são os verdadeiros heróis da Literatura brasileira, não certos "imortais" que ostentam títulos graças a seus contatos, e poderes de influência.
Grandes escritores de verdade, ganham admiração por seus pontos de vista muitas vezes até óbvios... tão óbvios que nós, simples leitores nem nos tocamos, graças às pressões que do dia-a-dia nos impõe...
Imagino que esses gênios precisem frequentemente, buscar inspiração em outros lugares... como este blog, por exemplo.
Curiosamente, já vi algumas coincidências muito legais entre algumas das minhas observações e algumas crônicas publicadas algum tempo depois... não me importo com isso. Aliás, acho muito bom e me sinto honrado em ser tratado como uma dessas fontes de inspiração de escritores consagrados, que admiro muito e que, se quiserem, eu ficaria muito feliz em "trocar umas idéias", mesmo que por e-mail. (Se você fôr algum escritor como Luís Fernando Veríssimo, por favor, me escreva! Eu responderei com prazer!)
Muitas das minhas observações aqui do meu blog eu tirei das notícias... mas cansei delas, pois estava ficando muito irritado.
Hoje, busco minha inspiração em experiências de vida, atuais ou passadas... tentando entender como as pessoas costumam pensar ou agir e concluí que o ser humano é um ser absolutamente ilógico, com raríssimas excessões.
Muitas vezes nos pegamos agindo muito mais pela paixão do que pela razão... nos apegando a idéias como verdades absolutas... coisas como religião ou partido político, ou torcida de futebol.
Sem dúvida alguma, o ser humano é facilmente influenciável pela maioria, que é facilmente influenciável, se a maioria tem seus valores provindos do mesmo lugar... assim funciona a chave do que chamamos "controle de massa", em que milhares assumem as mesmas idéias e princípios, baseados na "maioria", que vê os mesmos programas de TV, ou os mesmos noticiários.
Agora, a "moda" são as comunidades virtuais como o Orkut, por exemplo.
A cerca de duas semanas só vejo gente falando sobre isso.
O lado bom, é que de repente, pode-se ter notícias de amigos que já se julgava perdidos no tempo. A má, é que todos os seus dados, hoje "públicos" de repente poderão ser usados contra você amanhã, porque hoje, os valores do Poder são uns. Amanhã, quais serão?
O que hoje é perfeitamente permitido, amanhã poderá ser punido como crime.
Já vimos isso várias vezes na História... Revolução Chinesa, Revolução Russa, Nazismo, Império Romano...
O "controle do pensamento" é um sonho antigo dos Governos. Hoje, uma realidade.
Qual será o pesadelo de amanhã?

Nenhum comentário: