Translate

domingo, 25 de janeiro de 2004

Hoje, ao checar minha caixa postal, encontrei "apenas" 63 e-mails.
Destes, apenas 1 (um!) era de um amigo meu.
Os outros, empresas e pessoas das quais nunca ouvi falar na vida, tentando me vender todo tipo de coisa, de serviços a listas de e-mails para spam.
Resolvi enviar a todos eles, um reply com o título "ANTI-SPAM MANIFESTO" e o seguinte texto:

---------------------------------------------------------

We, the members of the INTERNATIONAL ANTI-SPAM MOVEMENT, through this reply, are informing the spammers, that we are BOYCOTTING not only ALL the products, but also ALL that ones that utilize this practice.

INTERNATIONAL ANTI-SPAM MOVEMENT
(To be part of it, just mail this text on reply to all spammers that send e-mails to you.)
---------------------------------------------------------

Nós, membros do MOVIMENTO INTERNACIONAL ANTI-SPAM, estamos através deste reply, informar aos spammers, que estamos BOICOTANDO não apenas TODOS os produtos, como TODOS aqueles que se utilizam dessa prática.

MOVIMENTO INTERNACIONAL ANTI-SPAM
(Para fazer parte deste movimento, mande este texto por e-mail a todos aqueles spammers que enviam e-mails pra você.)
---------------------------------------------------------


Se você estiver lendo isso, proteste: Faça o mesmo ao menos uma vez por semana e espalhe este movimento.
Vamos fazer com que essa prática não compense, ou seremos sempre obrgados a consumir tempo de conexão com esse monte de lixo que entope nossas caixas de e-mails.

terça-feira, 20 de janeiro de 2004

Você se decepciona cada vez que liga o televisor à procura de alguma coisa interessante para ver?
Se a resposta é sim, é porque de fato, há muito pouca coisa de interessante para se ver na TV e o motivo é bem simples: coisas interessantes são coisas curiosas, inteligentes, excitantes (não estou me referindo às mulheres seminuas... ou mesmo inteiramente nuas no meio da programação).
Os comerciais, cada dia mais apelativos e menos inteligentes refletem a programação das emissoras.
Nada contra as mulheres na TV, mas contra a banalização da beleza feminina, bem como a repetição de fórmulas e chavões mais batidos que massa de pão sovado...
Em nenhum tipo de programa de televisão se percebe mais isso do que nos programas humorísticos...
A imensa maioria desses humorísticos são formados de quadros repetidos exatamente da mesma forma toda semana e alguns desses quadros existem a mais de 20 anos.
É impressionante como as grandes redes continuam perdendo sua chance de apostar na inteligência do telespectador, tentando formar gerações de alienados (cada vez menos pensantes e consequentemente consumidores piores) ao invés de tentar formar um mercado consumidor crítico exigente (e que consequentemente seria melhor pagante além de multiplicadores de opinião)...
Ao invés disso, preferem produzir a atrofia intelectual das massas, perdendo assim a chance de garantirem para o futuro, eficiência de vendas dos comerciais que divulgariam.
Os efeitos disso já se sente... se vê muita propaganda e pouca eficiência de vendas, além de pouco poder aquisitivo na imensa maioria da sociedade, hoje teleguiada por programas humorísticos sem graça, novelas recheadas de temas absurdamente distantes da realidade e comerciais irritantemente idiotas.
Às grandes emissoras... meus parabéns por estarem assinando o fim do futuro de seu mercado como o conhecemos.

sexta-feira, 16 de janeiro de 2004

E o nosso "governo" continua assassinando a produtividade da nossa colônia que chamamos de país...
O Brasil não cresceu em 2003. A carga tributária que já era a maior do mundo e que bateu récorde de arrecadação, vai aumentar em 2004.
Vendíamos sapatos para os EUA e agora venderemos couro para comprar sapatos deles, feito com o nosso couro.
Em outras palavras: venderemos matéria-prima barata pra comprar produto acabado caro, por que nosso "competente" governo não transfere a carga sobre salários para a exportação de couro, protegendo assim a indústria brasileira e os empregos dos trabalhadores de uma vez só.
O pior é que o próprio Governo do Brasil, símbolo absoluto da demagogia sínica nacional, que até o final do ano bradava aos quatro ventos que "precisa-se diminuir a carga tributária do país para desafogar a economia" é justamente quem a aumenta, inviabilizando qualquer negócio produtivo no país, diminuindo assim inclusive investimentos externos e, com as constantes alterações de regras da economia, não há como se planejar a evolução de um negócio, ou mesmo de se ter alguma perspectiva de futuro.
E mais: "fome zero" não pode ser uma campanha "esmoleira" como está sendo e sim uma geradora de empregos...
Há um provérbio chinês que diz: "Não dê o peixe e sim a vara de pescar."
O dia em que alguém do nosso "governo" aprender a parar de dizer "amém" aos interesses de nossos colonizadores, teremos alguma chance de termos um país de verdade.

sábado, 10 de janeiro de 2004

Outro "tiro no pé" da Rede Globo... que citou seu candidato ao Big Brother como campeão mundial de io-iô no site oficial do programa... Pois bem, aqui está uma declaração de peso desmentindo o fato:

"O Cristiano nunca foi campeão mundial de ioiô. Nem ele e nem muitas das centenas de pessoas no mundo que se apresentam como campeões mundiais.

Na verdade durante o programa eu nem me lembro de ele ter falado isso, pode ser coisa da Globo mesmo.

A lista dos campeões mundiais atuais pode ser vista aqui:
http://www.ioiobrasil.com/campeoes.php

Essa é a lista com os Mundiais no formato atual (freestyle). Outros registros de campeonatos anteriores não tem qualquer menção sobre brasileiros que tenham o vencido o Mundial.

Teve algum outro post que eu falei sobre isso, muitas marcas apresentavam os demonstradores como campeões mundiais e nacionais. Isso é prática que acontece desde a década de 30."


(Rafael Matsunaga, campeão mundial de io-iô de 2003 - categoria 5A, em um fórum da Associação Brasileira de Io-iô)

quinta-feira, 8 de janeiro de 2004

Peraí! Estou tendo problemas com a Matemática!
Se a inflação total do ano de 2003 no Brasil foi de 9,86% (segundo o IBGE), por que a taxa de licenciamento do meu carro subiu 240%?
Talvez porque o número de buracos na cidade tenha subido 240%! Claro! É a única explicação!
Estamos pagando pelos buracos que a prefeitura não tampa! Afinal de contas, o ar dentro deles deve ter um alto custo aos cofres públicos, né, seu "mané"?
O mais interessante, é que apesar de estarmos numa democracia, tudo aqui nos é obrigatório... voto, seguro, imposto... aliás, muitos impostos... muitos mesmo. E grande parte deles, se paga múltiplas vezes... imposto sobre imposto. E pra piorar, são as mais altas taxas do mundo.
Só pra citar um exemplo: "Juntos, o Imposto sobre Circulação de Mercadorias e Serviços (ICMS) e o Imposto sobre Produtos Industrializados (IPI) representam uma taxação de 29,8% sobre o setor produtivo, enquanto a média mundial é de apenas 15,7%." (Fonte: ABRAPI - Associação Brasileira dos Pagadores de Impostos)
E pra começar o ano, temos IPVA, Seguro Obrigatório (só pagável em banco à partir de 2 dias antes do vencimento), Licenciamento Veicular (que nunca vem impresso o valor certo no aviso de vencimento), IPTU, etc.
A pergunta que eu, assim como todos os outros brasileiros igualmente indignados é a mesma: para onde vai esse dinheiro?
Claro! Se eu pago por alguma coisa, esse valor, conseguido a duras penas com o suor honesto do meu trabalho, tem de ser em troca de algum benefício, não?
O que eu estou ganhando em troca pelo que pago aos órgãos governamentais brasileiros afinal? Um sorriso na minha cara como que dizendo "seu otário"?
Em nome do povo brasileiro trabalhador honesto: EU QUERO MEU DINHEIRO DE VOLTA! EU LUTEI POR ELE, SEUS LADRÕES TRAIDORES CANALHAS!!!