Translate

terça-feira, 6 de maio de 2003

OK!
Que o mercado de pré-impressão gráfica de Campinas e região está uma enorme bola de merda, ninguém no setor tem dúvidas.
Recentemente, um amigo meu, um fotógrafo muito conhecido da região, me disse que está pensando exatamente o mesmo que eu venho pensando a anos: em sair desta maldita área na primeira oportunidade que aparecer.
Mas vamos aos fatos: a anos gente como eu vem falando nisso, migrando de empresa aqui e ali, alguns com algum sucesso, outros nem tanto... Mas nenhuma grande mudança.
Acredito que o maior problema desse mercado é muito simples: OS CLIENTES NÃO SABEM O TRABALHO QUE DÁ FAZER ESSAS COISAS! E por isso mesmo, nosso trabalho não tem valor.
Os patrões fazem questão de dizer que tudo é fácil, tudo a gente faz em qualquer prazo a qualquer preço e a gente aqui da produção se fode pra entregar essas coisas sem prazo, sem valor e sem motivação nenhuma pra depois engolir sapo porque as coisas nem sempre saem como deveriam.
São mais de 2 horas da manhã agora e às 23:00, me entregaram nada mais, nada menos que 285 fotos preto e branco para entregar ao amanhecer.
Como se não bastasse, ainda tem uma editoração para ser feita para entregar antes das 5 da tarde.
Você sabe o que é tomar café da manhã às 4 da tarde, almoçar às 2 horas da manhã e passar 3 dias movido à lanche de padaria e cachorro quente?
Eu vivo passando por isso... Pra ganhar menos que um desses caras que limpam parabrisas em cemáforos.
Sinceramente, eu não estudei 18 anos da minha vida pra merecer essa vida.
Dos 7 dias da semana, eu só tenho chance de viver 2 e ainda assim, nem sempre consigo, pois tenho de por ordem em um monte de coisas na minha vida pessoal que não consego durante a semana.
Se Deus existe, acho que ele quer que eu me torne ateu.
Se você acha que é fácil? Experimenta!

Nenhum comentário: