Translate

sexta-feira, 23 de maio de 2003

Hoje, vieram me agradecer pelos esforços sobrehumanos para tentar suprir as necessidades das empresas envolvidas e pedir desculpas pela mancada.
Eu não consegui engolir essa.
Não é a primeira vez que isso acontece e a dez anos eu tento mudar esse tipo de coisa lá naquele ambiente de trabalho. Todas as tentativas foram em vão.
Duvido que as coisas mudem e as atitudes passem a ser profissionais.
Estou cansado de tudo isso!
Agora, estou com outro problema: apesar de ter passado o dia todo com sono por não ter conseguido dormir nos últimos dois dias, estou preocupado com a minha namorada.
Ela é muito especial para mim e estou com alguma dificuldade para obter notícias dela.
Por um lado, pode ser apenas stress e cansaço da parte dela, pois acaba de conseguir um emprego, mas acho que pode não ser "exatamente" o que ela procurava, talvez pela distância da residência ou outro fator qualquer...
Por outro lado, ela pode estar cansada de ver eu "me matando" do lado de cá sem tomar alguma atitude mais radical como a de pedir demissão, mandar tudo às favas e procurar outro emprego (não necessariamente nessa ordem).
Seja como for, segunda-feira eu vou ver se me informo numa dessas escolas de informática se não precisam de algum instrutor...
Estou com "coceira" para pedir demissão.
Não suporto mais ter de ficar longe das pessoas que eu amo, por conta das minhas obrigações profissionais, nem de sacrificar a minha vida por futuro nenhum.
Eu não tenho vocação para "aventureiro", mas não nasci para ser mártir.
Agora, depois de enviar um e-mail para a minha amada e "desabafar" um pouco, quem sabe eu possa dormir um pouco...

Nenhum comentário: