Translate

sexta-feira, 4 de abril de 2003

Meu! Se Deus existe, ele deve estar fazendo questão de me ignorar hoje!
Em casa... Só correria. Saí de casa sem almoço porque precisava ir buscar uma merda burocrática pra efetuar todo o processo contábil-jurídico-econômico pra brigar pela miséria de restituição do imposto de renda.
Tanta dor de cabeça pra conseguir de volta uns trocadinhos insignificantes perante a montanha de dinheiro que o Governo me rouba diariamente...
No serviço... só dor de cabeça e encrenca até às seis horas da tarde, quando resolvem me entregar um turbilhão de serviços pra hoje. (Isso mesmo! Os idiotas acham que após o horário comercial ainda existe expediente!)
O ruim é que essa cultura imbecilóide de que entregando a merda na mão dos outros no final de seu expediente, supõe que está sendo esperto e que só existe aquele serviço.
O problema é que todo mundo pensa isso e o idiota aqui acaba sobrecarregado e o serviço acaba sendo feito "nas coxa" só pra cumprir a bosta do prazo.
Agora estou aqui, lá da meia-noite, sem jantar e com um lanche de padaria como almoço tentando terminar sozinho um caminhão de serviço que só deve terminar lá pelas 5 da manhã.
E não me venha dizendo que "o mercado é assim" porque não é!
Só aqui, nessa terrinha de egoístas unhas de fome que não valorizam as vidas dos que "salvam" seus prazos a duras penas, como péssima alimentação, sono ruim e o pior de tudo: um salário irrisório, porque como já disse, o trabalho honesto não tem valor nesse mercadinho de bosta!

Nenhum comentário: