Translate

segunda-feira, 20 de janeiro de 2003

Justiça é para todos, certo? Errado! Justiça, no mundo de hoje, é pra quem pode.
Fato: quanto mais leis você tem, maior é a quantidade de falhas que o advogado poderá explorar e é exatamente isso que o advogado faz.
Pra ajudar, nossas leis são interpretativas e ao menos aqui no Brasil, os juízes figuram como os "todo-poderosos" perante elas, podendo julgar muitas vezes mais por vontade própria do que por deduções exatas.
Graças à nossa legislação, um político corrupto pode deixar de responder a processo abdicando do cargo e depois acabar se reelegendo pra continuar mamando nas tetas públicas.
Aí, eu pergunto: qual é a credibilidade que o sistema judiciário brasileiro pretende ter?

Nenhum comentário: